Paul Bonhomme Getty Images for Red Bull Air Race

Está concluída a época de 2010 da Red Bull Air Race World Championship, com o britânico Paul Bonhomme a renovar o título com tranquilidade no inovador cenário do EuroSpeepway de Lausitz, Alemanha. O seu eterno rival, o austríaco Hannes Arch, também brilhou ao vencer a derradeira corrida do ano.

Pela primeira vez na sua história, uma corrida da Red Bull Air Race World Championship foi montada num circuito de desportos motorizados – com o EuroSpeedway de Lausitz, Alemanha, a concentrar as atenções no fim-de-semana de todas as decisões. No total, 118 mil espectadores presenciaram o desfecho da última corrida do calendário, numa despedida que culminou com a renovação do título de Campeão do Mundo para o britânico Paul Bonhomme.

Depois do mau tempo ter condicionado o desenrolar das qualificações, fazendo temer o pior, o dia da corrida avançou sem problemas. Bonhomme chegou à Alemanha com uma significativa vantagem de cinco pontos sobre o seu eterno rival, o austríaco Hannes Arch. Arch revelou-se imparável e acabou mesmo por bater o inglês por uma escassa margem de 36 centésimos de segundo. No entanto, a vitória nesta final foi insuficiente para impedir a revalidação do título por parte de Bonhomme – que respirou de alivio ao cortar a meta em segundo lugar da geral.

Graças a esta prestação Paul Bonhomme passa a ser o mais bem sucedido piloto da Red Bull Air Race de todos os tempos, conquistando na Alemanha o 13º pódio sucessivo da sua carreira e igualando o norte-americano Mike Mangold no número de títulos; “Penso que tive o mérito de fazer um campeonato de trás para a frente, apesar das coisas não terem corrido exactamente como eu gostaria. Eu sabia que esta era uma corrida de tudo ou nada, mas consegui manter-me calmo e controlar a pressão”.

Arch acabou também por sair de cena com um sorriso nos lábios, apesar de ter falhado o ataque ao título;”Eu sabia que podia ganhar aqui na Alemanha, pois o traçado era rápido e bem adaptado ao meu avião. Consegui vencer e tenho que fazer um balanço positivo da época, pois ganhei quatro das seis corridas e fui o mais rápido na maior parte dos traçados”.

Igualmente com motivos para festejar, o australiano Matt Hall completou o pódio desta final – naquela que foi a quinquagésima corrida da história da Red Bull Air Race.

Para mais informações:
www.redbullairrace.com


CLASSIFICAÇÃO FINAL

RED BULL AIR RACE WORLD CHAMPIONSHIP 2010


NOME / AVIÃO / PAÍS | PONTOS


1º PAUL BONHOMME / EDGE 540 / GRÃ-BRETANHA | 64 Pts
2º HANNES ARCH / EDGE 540 / ÁUSTRIA | 60 Pts
3º NIGEL LAMB / MXS-R / GRÃ-BRETANHA | 55 Pts
4º KIRBY CHAMBLISS / EDGE 540 / EUA | 41 Pts
5º PETE MCLEOD / EDGE 540 / CANADÁ | 33 Pts
6º NICOLAS IVANOFF / EDGE 540 / FRANÇA | 33 Pts
7º MATT HALL / MXS-R / AUSTRÁLIA | 31 Pts
8º MATTHIAS DOLDERER / EDGE 540 / ALEMANHA | 26 Pts
9º MICHAEL GOULIAN / EDGE 540 / EUA | 24 Pts
10º PETER BESENYEI / MXS-R / HUNGRIA | 21 Pts
11º ALEJANDRO MACLEAN / MXS-R / ESPANHA| 9 Pts
12º YOSHIHIDE MUROYA / EDGE 540 / JAPÃO | 5 Pts
13º SERGEY RAKHMANIN / MXS-R / RÚSSIA | 4 Pts
14º MARTIN SONKA / EDGE 540 / REPÚBLICA CHECA | 2 Pts
15º ADILSON KINDLEMANN / MXS-R / BRASIL



Detalhes